O que é o Tombamento

Dos nove países cuja língua oficial é o português apenas o Brasil se refere aos bens moveis ou imóveis de interesse histórico ou cultural como sendo Bens Tombados. Os demais países lusófonos os denominam Bens Classificados. A origem dessa idiossincrasia brasileira, por mais incrível, está em Portugal:
etmologicamente a palavra TOMBO é de origem grega da palavra Tomos cujo significado é "1 - volume que faz parte de uma obra impressa; 2 - divisão; 3 - importância, alcance, valor ou vulto".
Os registros e os arquivos dos registros de interesse cultural ou histórico em Portugal se faziam na Torre do Tombo existente desde 1387, que se constituía no Arquivo Real Português.
Na verdade era ali que se conservavam os livros de registro ou os tomos de registro, ou os tombos. Esse nome se aplicou também ao prédio, a Torre do Tombo. Com o terremoto de Lisboa esses arquivos foram transportados para o Convento de São Bento e a partir de 1990 para uma nova sede na Cidade Universitária de Lisboa.
O Brasil de forma muito própria guarda o termo Tombo para denominar os bens que tem interesse histórico ou cultural que passam a ser inscritos no Livro de Tombo.